• Cariri in Foco

Queiroga diz que Brasil receberá 120 milhões nestes dois meses mais que essa doença não vai acabar


O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse que o Brasil receberá 120 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19 em agosto e setembro, segundo informou em entrevista nesta segunda-feira (9). Ele também alertou que a Covid-19 não vai acabar e que “conviveremos com as sequelas da Covid, conviveremos com os impactos da Covid direto sobre aqueles indivíduos que têm outras doenças.”

“Continuará entre nós. Essa doença não vai se acabar. Temos que nos preparar para enfrentar as suas consequências, o que se chama de ‘Pós-Covid’ “, disse Queiroga.

Segundo o ministro, “no mês de agosto, nós teremos mais de 60 milhões de doses de vacinas distribuídas para o Brasil. A Paraíba continuará sendo contemplada proporcionalmente à sua população. No começo de setembro, essa aposta dobra: mais 60 milhões.”

Ainda de acordo com Marcelo Queiroga, “agora no mês de setembro, todos os paraibanos acima de 18 anos estarão vacinados com a primeira dose da vacina. E vamos caminhar de maneira célere para aplicar a segunda dose. Certamente, no final do ano todos estarão vacinados com as duas doses de vacinas. E, por isso, há esperança muito forte de conter o caráter pandêmico da Covid-19.”

Campanha e dose anual

Sobre a possível necessidade de vacinação anual contra a Covid-19, o ministro pontuou que “Covid é algo novo. Vacinas contra a Covid é algo mais novo ainda. Nós estamos trabalhando aqui no Ministério para dar essa resposta. O Ministério da Saúde encomendou uma pesquisa.”

Sputnik V

Em relação à desistência do Consórcio Nordeste na compra da vacina Sputnik V, o ministro acredita que “a desistência foi por todas as exigências que a Anvisa colocou” e lembrou que foram colocadas 21 condições para segurança da população.

Click PB

11 visualizações0 comentário