• Cariri in Foco

Ministério Público pedirá internação de adolescente acusada de ferir filho com caneta no pescoço

em João Pessoa e criança será abrigada


O Ministério Público da Paraíba pedirá a internação em unidade socioeducativa da adolescente acusada de ferir o filho com uma caneta cravada no pescoço dele. A informação foi repassada ao ClickPB pela delegada Joana D'Arc, nesta segunda-feira (18).

Já em relação a criança, ainda segundo a delegada, a Justiça deve expedir determinação para que seja levada a um abrigo. Isso porque não é possível contar com a família da menina apreendida, já que os parentes, mesmo em João Pessoa, já a rejeitaram e não a acolhem em casa.

A delegada Joana D'Arc destacou a situação de vulnerabilidade da adolescente que está recolhida na Central de Polícia Civil, onde já passou por audiência de custódia.

Segundo a delegada informou ao ClickPB, assim que o Ministério Público enviar representação à Justiça, se o Judiciário acatar a internação da menina, ela deve ser transferida para a unidade onde cumprirá medida socioeducativa.

Criança internada

O menino de 4 anos de idade está internado com quadro de saúde estável, na UTI do Hospital de Trauma de João Pessoa, segundo informou ao ClickPB a assessoria da unidade.

A criança foi encontrada com uma caneta cravada e com fios enrolados no pescoço. Funcionários do abrigo no bairro Pedro Gondim, em João Pessoa, ouviram os gritos da mãe e, então, encontraram o menino ferido com a adolescente. Estavam somente os dois no ambiente onde foram encontrados.

Click PB

31 visualizações0 comentário