• Cariri in Foco

Casos graves da variante Delta ocorrem em idosos acima de 70 anos e secretário defende 3° dose


Os casos graves e de óbitos causados pela variante Delta são em idosos acima de 70 anos de idade, de acordo com o secretário de Estado da Saúde, Geraldo Medeiros. Por conta disso, defendeu a aplicação da terceira dose de vacina contra Covid-19 o mais rápido possível. Ele disse que a chegada dessa variante já era esperada na Paraíba e orienta a população a manter os mesmos cuidados sanitários de prevenção.

Desde julho a Delta circula na Paraíba, mas o relatório com o resultado das amostras enviadas pela Secretária de Estado da Saúde (SES-PB) foram devolvidas pela Fiocruz, nesta terça-feira (31). Das 27 amostras que passaram pelo protocolo de inferência (Naveca), 25 confirmaram o diagnóstico para variante Delta, sendo que dessas 22 amostras com variante Delta e mais 3 mutações da variante Delta.

“Continuar com os mesmos meios de prevenção porque a variante Delta tem um alto poder de contaminação. Contamina muito mais pessoas. Atinge mais os casos de óbitos e casos graves são naquelas pessoas acima de 70 anos, os idosos e daí a necessidade de se iniciar o mais rápido possível a terceira dose para idosos e pessoas imunossuprimidas, os transplatados, os renais crônicos que realizam hemodiálise e que usam corticóides”, revelou em entrevista ao programa Arapuan Veradde, da Rádio Arapuan FM, como acompanhou o ClickPB.

Click PB

19 visualizações0 comentário