• Cariri in Foco

Agora: Câmara enterra voto impresso


O Plenário da Câmara acaba de derrubar a proposta bolsonarista de voto impresso.

Por se tratar de uma PEC, seriam necessários no mínimo 308 votos a favor para enviar o texto ao Senado. Foram registrados 229 votos a favor e 218 contra.

Três deputados federais paraibanos foram favoráveis a a PEC do Voto Impresso (Proposta de Emenda à Constituição 135/19) rejeitado nesta terça-feira (10). Votaram a favor os deputados Edna Henrique (PSDB), Julian Lemos (PSL) e Ruy Carneiro (PSDB).

Foram 229 votos favoráveis e 218 contrários. Como não foram obtidos os 308 votos favoráveis necessários, o texto será arquivado.

A proposta determina a impressão de “cédulas físicas conferíveis pelo eleitor” independentemente do meio empregado para o registro dos votos em eleições, plebiscitos e referendos.


Com Blog do Bruno Lira

9 visualizações0 comentário